Hoje vamos falar sobre o empréstimo pessoal para compra de veículo, este é um tema muito procurado e que surgem várias dúvidas quando estamos pensar em realizar um empréstimo. Hoje em dia, não há nada melhor do que comprar um carro novo. As sensações, o desejo preenchido, o olhar de conquista, poder, conforto e a praticidade que ele proporciona no cotidiano é muita boa.


Nos dias atuais sabemos que não é fácil juntar o valor total para adquirir o automóvel desejado, baseado nisso o empréstimo pessoal pode ser um boa opção, basta se planejar corretamente.No Brasil há vários bancos que oferecem o serviço empréstimo pessoal, é uma boa solução para quem quer comprar um carro ou moto, mas não tem o valor total para pagar o bem à vista. Além disso, nesta opção é possível encontrar créditos de vários valores e com disponibilidade de parcelas em até três anos.


Como funciona o empréstimo pessoal para comprar carro ou moto

Na maioria das intuições financeiras em que é possível fazer uma simulação do valor desejado, como por exemplo: você pode realizar uma simulação no valor entre R$ 2.500 a R $ 50.000 para pagar em 12, 18, 24, 30 ou 36 meses. Desta forma, é mais fácil do que dividir uma parte do veículo no cartão de crédito.

Outra vantagem quando de adquirir um empréstimo pessoal para compra de veículo é que o consumidor pode chegar na loja com valor total do veículo e negociar um bom desconto,pois irá pagar o valor a vista. Voltamos a frisar, mesmo que você tenha que pagar juros do empréstimo contratado, você poderá ganhar um bom desconto no compra do veículo.

Além disso, o empréstimo pessoal pode ser uma boa opção para quem está comprando um veículo clássico(carro antigo) pois algumas entidades financeiras não aceitam o financiamento para este tipo de veículo.

Dicas para empréstimo pessoal na compra de veículo

Compare as taxas de juros: Antes de decidir como pagar pelo seu novo veículo, faça simulações de financiamento e empréstimo pessoal, empréstimos consignados (se disponíveis) e outras formas de crédito que sejam viáveis. Entenda quanto você vai pagar em cada uma das possibilidades e, em seguida, escolha o melhor.

Pense antes de contratar: Antes de adquirir um bem, você precisa entender se a dívida que está sendo feita se encaixa em seu orçamento. Além de calcular juros, você precisa ver qual parte pode pagar sem comprometer sua saúde financeira.

Negocie bastante: Ao comprar um veículo, o consumidor tem a opção de negociar entre as montadoras e também entre os concessionários (especialmente ao comprar um usado). Use esse poder do consumidor para poder fechar o melhor negócio.

Olhe para taxa “CET”: Observar as taxas de juros é importante, mas você já ouviu falar do Empréstimo com Custo Total Efetivo? A CET inclui todas as taxas relacionadas ao empréstimo tomado e este é o valor que você deve considerar ao escolher como pagar sua dívida de empréstimo para comprar um carro.

 





Artigos Correspondentes:

Escreva um comentário