A Volkswagen anuncia uma mudança em sua linha de comando para a região do Brasil e América Latina. Desde o dia 1º de outubro, o novo presidente do fabricante é o argentino Pablo Di Si, assumindo o cargo anteriormente ocupado por David Powels, que parte de Xangai para ser vice-presidente da SAIC Volkswagen.

Pablo Di Si
Pablo Di Si

Powels assumiu a presidência da Volkswagen Brasil em 2015 e, desde 2016, para toda a América do Sul, América Central e Caribe. Ele foi responsável pela reestruturação da marca, considerada pela maior empresa de sua história no país, com a nova estratégia de renovação de toda a linha de produtos até 2020.


Partida para a China, ocupando a vice-presidência da joint venture com SAIC. O negócio da Volkswagen no país do leste é de extrema importância, pois é o maior mercado para o grupo.

Em seu lugar, Pablo Di Si, veterano da indústria. Ele trabalhou no Brasil na área de Finanças e Desenvolvimento de Negócios da Fiat-Chrysler e viveu aqui por 11 anos. Ele esteve com a Volkswagen desde 2014 e, até agora, ele era o presidente e CEO da Volkswagen Argentina

O novo presidente da Volkswagen Brasil e da América do Sul terá muito trabalho a fazer. A marca está investindo US $ 7 bilhões para lançar 20 carros até 2020, começando com a nova geração do Polo. Para o próximo ano, o sedan Virtus, também fabricado em São Bernardo do Campo ao lado da escotilha, e o Tiguan Allspace SUV de sete lugares já foram confirmados.