Um novo leilão de veículos é divulgado em Minas Gerais que acontecerá na próxima segunda-feira. Ao todo o evento contará com 71 veículos apreendidos  durante operações ocorridas para combater o narcotráfico entre outros crimes cometidos no estado. Entre os itens é encontrado : motos, carros, reboques e etc.. 

Destaques do leilão

Um dos itens mais procurados do leilão é a uma caminhonete Dodge Ram 2500, 2007/2008, com uma oferta inicial  de R $ 19.200, uma Chevrolet S10 do ano 2001/2001, por R$ 4.200 inicial ; um Audi A4, ano 2003/2003, por R$ 2.100  inicial e uma moto Honda CBX 250 Twister, ano 2006/2007, com valor inicial de apenas R$ 50,00.



O leilão teve início nesta segunda-feira (25/11/19), a abertura para visitação dos veículos pode ser feita a  partir das 10:00 horas da manhã. O local fica no Auditório Sicoob Crediuna, em Itaúna, na região Centro-Oeste do estado de Minas Gerais.

Também é possível participar do evento pela internet, basta acessar o site oficial aqui do leilão. Para conseguir participar de forma online , é necessário realizar seu cadastro no site.

Visita ao pátio 

Para quem desejar ver os lotes do leilão, é possível nesta quinta (28/11/19) e sexta-feira (29/11/19) das 9h às 12h e das 13h às 16h. O local para visita está indicado em cada lote.  Pessoa física e jurídica podem participar do evento, basta estar de acordo com os termos do edital do leilão.

Os veículos que são recuperáveis, ou seja aqueles que podem voltar a circular nas ruas , possuem o direito da documentação livre de multa, encargos e tributos dos antigos donos.

Sobre o leilão

A maior parte dos recursos arrecadados será destinada ao Fundo Nacional Antidrogas (Funad), de acordo com a Lei 11.343 / 06. A iniciativa é do Ministério da Justiça e Segurança Pública, via Secretaria Nacional de Política de Drogas (Senad), em parceria com o governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)..

Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública, até 40% dos recursos arrecadados também são repassados ​​à Polícia Federal e à Rodovia Federal, ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, que participaram das apreensões.





Artigos Correspondentes:

Escreva um comentário