O novo Fusion Energi 2017, lançado pela Ford nos Estados Unidos, é o carro híbrido “plug-in” que pode ser abastecido com combustível ou recarregado na rede elétrica com a maior autonomia combinada do mercado norte-americano. Capaz de rodar mais de 980 km com um tanque de combustível e carga completa da bateria, ele supera todos os modelos da categoria no mercado norte-americano, incorporando uma nova tecnologia no software do motor e na frenagem regenerativa, que recupera a energia dos freios para recarregar a bateria.A Ford desenvolve um trabalho intenso para conscientizar os consumidores sobre as vantagens da tecnologia plug-in. Atualmente, a maioria dos norte-americanos acredita que os carros híbridos têm uma autonomia de apenas 420 km, menos da metade da oferecida pelo Fusion Energi, revelou uma pesquisa encomendada pela Ford junto a diversos grupos de pessoas.Híbridos plug-in usam um motor elétrico alimentado a bateria e um motor a combustão. Normalmente, o motorista roda no modo totalmente elétrico até esgotar a bateria cerca de 34 km , quando o motor se liga automaticamente. O novo Fusion Energi 2017 tem um consumo combinado equivalente a 17,85 km/l, com tanque de 53 litros.”Na realidade, os híbridos plug-in são veículos elétricos até que termine a carga da bateria. A partir daí, funcionam exatamente como um híbrido convencional”, diz Wade Jackson, gerente de marketing do Ford Fusion.

Novo Fusion Energi 2017


Vantagens dos híbridos

Líder de vendas de híbridos plug-in nos Estados Unidos, a Ford também está na linha de frente na divulgação das vantagens desses veículos. Segundo Kevin Layden, diretor de engenharia de carros elétricos da Ford, o Fusion Energi é uma ótima opção para pessoas que rodam em percursos sem estações de recarga próximas. “Ele usa o modo elétrico para viagens curtas e o motor a gasolina para viagens mais longas”, diz.A autonomia do novo Fusion Energi 2017 é quase o triplo do futuro Tesla Model 3, que segundo o fabricante tem um alcance estimado de 346 km e, por não funcionar com combustível, precisa ser recarregado imediatamente quando a bateria acaba.

O Fusion Energi foi lançado em 2013 e já vendeu quase 30.000 unidades nos Estados Unidos. Ele é um dos seis veículos elétricos da Ford, ao lado do Fusion Hybrid, C-MAX Hybrid, C-MAX Energi, Focus Electric e Lincoln MKZ Hybrid. Até 2020, a marca vai investir US$ 4,5 bilhões em veículos elétricos, acrescentando 13 novos modelos à sua linha. Até o final da década, mais de 40% das linhas globais de veículos da Ford serão eletrificadas. No Brasil, a Ford fornece uma versão híbrida o Fusion Hybrid, que está entre os mais econômicos do País.

Write A Comment