A lista de preços da Fiat para outubro foi anunciada, os modelos Mobi, Uno, Strada, Grand Siena e Fiorino tiveram um aumento nos valores da tabela. Com reajustes entre R$ 500 e R$ 1.000, em média, o aumento foi menor que o aplicado a Toro.

Fiat Mobi
Fiat Mobi

As opções mais caras são o Strada Hard Working Extended Cabin e Dual Cab, agora cobrando R$ 1.150 mais, enquanto as outras versões do pickup custam cerca de R$ 1.000.

No caso do subcompacto Mobi, não houve ajuste apenas na versão Easy 1.0. Já as outras configurações tornaram mais caro. O intermediário Like foi R$ 410 mais caro, enquanto as versões Way and Drive cobram mais 530 dólares. Com a troca automatizada de GSR, a Drive teve o valor alto de R$ 540.


Com um aumento médio de R$ 500 em todas as versões, o Fiat Uno agora tem preços que variam de R$ 43,990 (Drive 1.0) para R$ 56,990 (Sporting GSR 1.3). Além disso, mais caro, a Van Fiorino registrou o menor aumento de preços no catálogo Fiat: apenas R$ 30 na versão Hard Working, enquanto a variante de entrada custa US $ 930.

Apesar da possível aposentadoria das versões mais caras com a chegada do Argo Sedan, o Fiat Grand Siena teve seu preço aumentado em R$ 890 nas versões Attractive 1.0 e Essence 1.6 Dualogic, enquanto o Attractive 1.4 e o Essence 1.6 Manual subiram cerca de R$ 1.000.





Conteúdo Correspondente:

Escreva um comentário