Volkswagen acaba de apresentar na Europa todos os detalhes sobre a linha 2017 do meio de golf. Como já previsto, o modelo passa pela primeira facelift desde a estréia da geração atual em 2012 e alinha com os últimos lançamentos da marca na área de tecnologia, segurança e motorização.

Volkswagen Golf 2017
Foto: Divulgação

Na parte externa, a novidade principal está no projeto revisado da parte dianteira. Faróis, por exemplo, ganharam mais sofisticadas luzes LED, enquanto o pára-choques aumentou a entrada de ar menor. Já na parte traseira o arranjo interno das luzes foi reformulado e todas as versões saem de fábrica agora com LEDs. Finalmente, o pára-choque foi levemente redesenhado, assim como as saídas de escape. Rodas com layout sem precedentes completam o pacote.

No cockpit, o painel digital 12,3 finalmente chega ao Golf. O recurso já está presente no novo Passat, Tiguan e outros, e permite a escolha de pelo menos cinco configurações diferentes (incluindo o modo especial de negação). Além disso, o sistema de entretenimento foi completamente revisto e agora passa pelo nome Discover Pro. Há uma tela sensível ao toque de 9,2 polegadas, maior resolução e suporte para comando de gesto (prioridade de segmento).

Em termos de segurança, a Volks destaca a oferta do sistema Traffic Jam Assist, que dá ao Golf capacidades de condução semi-autónomas. O recurso também pode reduzir o risco de uma colisão traseira ou mesmo travar o veículo quando os sensores de bordo detectar que o motorista não está prestando atenção na estrada.

Sob o capô, mais notícias. A partir de agora, o motor 2.0 TSI que equipa a versão GTI salta de 223 para 233 cavalos na configuração convencional e 248 hp no pacote de desempenho especial. Além disso, uma nova caixa de velocidades DSG de sete velocidades está sendo usada, substituindo o atual DSG de seis velocidades.

Nas versões “civis”, o motor 1.4 TSI deixa a cena para dar lugar ao novo TSI de 152 cavalos e 25,5 kgfm de binário máximo. A marca destaca o uso de tecnologias como a desativação de cilindros e promete 20,4 km / l de consumo médio. Posteriormente será lançada a versão renovada BlueMotion, com 132 cavalos e consumo de 21,7 km / l.

As vendas do  Golf 2017 começam em dezembro na Europa. No Brasil, onde é produzido localmente em versões com os motores 1.0 TSI, 1.4 TSI e 2.0 TSI, a escotilha média com aparência atualizada deve demorar um pouco mais para chegar, por volta de 2018. Quanto ao novo motor 1.5 TSI, Curto prazo é Bastante improvável, considerando os grandes investimentos que a marca fez para transformar o motor 1.4 TSI em biocombustível.





Conteúdo Correspondente:

Escreva um comentário