Tag

Fiat

Browsing

Parece que aconteceu o Fiat Palio e Punto saem de linha em 2018 aqui no Brasil. Isso ocorreu após a Fiat lançar seu novo website e removeu do configurador Punto e Palio . Apesar de não ter sido produzido desde janeiro de 2017, até ontem (20/2), o Punto ainda estava na página. As duas gerações do Palio já não foram produzidas em novembro de 2017 como nosso relatório antecipou com exclusividade.


Fiat Palio e Punto saem de linha em 2018
Fiat Palio e Punto saem de linha em 2018

Fiat Palio e Punto saem de linha

O Fiat Punto estava em produção há nove anos na fábrica de Betim. O carro teve altos e baixos no mercado interno. Em 2007, com apenas alguns meses de mercado, o Punto vendeu 3.756 unidades. No seguinte, foram comercializadas 38.571 unidades. O melhor ano do Punto no mercado nacional foi em 2012, quando registrou 42.361 unidades. Já em 2016, o modelo registrou apenas 7.709 unidades no Brasil


Fiat Palio

Palio foi lançado em 1996 como modelo mundial, a primeira geração do Palio estava em produção há 21 anos. Derivado do Projeto 178, o modelo sofreu várias modificações ao longo dos anos em produção. Apesar das mudanças visuais de 2000, 2003, 2007 e 2010,  Palio sempre manteve o mesmo corpo.

No final de sua vida, o Palio foi comercializado desde 2011 com um aspecto restyling de 2003. Com a chegada de Mobi em 2016, o Palio Fire and Way foi destinado apenas para venda aos proprietários de frotas.

Já a segunda geração do Palio atingiu o mercado em no ano 2011. Nunca teve vendas excitantes. Vendido com motores 1.0, 1.4 e 1.6, nas versões Atraente, Essência e Sporting, a escotilha, mesmo na nova geração, não conseguiu enfrentar concorrentes Chevrolet Onix e Hyundai HB20.  O Fiat Palio e Punto saem de linha em 2018, adeus.





Artigos Correspondentes:

A Fiat reuniu representantes de seus cerca de 600 concessionários em todo o país. O Dealer Day, realizado em São Paulo, teve como tema principal as mudanças de hábitos dos consumidores e os desafios que essa transformação acrescenta ao processo de vendas.


A conectividade está mudando rapidamente os hábitos do consumidor, que agora tem mais informações para escolher o momento e o produto no qual vai investir seu dinheiro. Essa transformação, aliada a um período de baixa nas vendas por conta da crise econômica, faz com que o processo de vendas tenha de se adequar aos novos tempos. Precisamos trabalhar juntos para fazer grandes negócios neste mundo de mudanças”, disse Stefan Ketter, presidente da FCA– Fiat Chrysler Automobiles para América Latina.


Concordando com a necessidade de mudanças para adequar-se ao cenário econômico e ao novo perfil do consumidor, Guido Viviani, presidente da Associação Brasileira dos Concessionários de Automóveis Fiat (Abracaf) afirmou: “Precisamos promover melhorias nos nossos procedimentos e entendemos que este é um desafio que temos de enfrentar juntos, fabricante de automóveis e concessionárias”.

Fiat realiza planejamento para o futuro

Sérgio Ferreira, diretor Comercial da FCA Brasil, destacou que a estratégia da Fiat para superar as dificuldades impostas por este momento da economia é fortalecer ainda mais o relacionamento com a rede de concessionários. “Vamos basear nossas ações em três fatores que consideramos críticos em momentos como estes: comunicação, alinhamento e confiança”, destacou o executivo.

Ferreira apontou que um dos grandes desafios trazidos pela mudança de perfil do consumidor é que agora o processo de vendas acontece com menos visitas à concessionária, já que o cliente chega ao ponto de venda muito bem informado sobre os produtos. Assim, a conversa com o vendedor tem de ter um caráter muito mais consultivo e todos os serviços de pós-vendas ganham fundamental importância para fidelizar o cliente. “Além disso, são uma fonte importante de receita para rentabilizar nossa rede”, acrescentou.

A Fiat investiu em um sistema de monitoramento no ambiente digital, que tem gerado oportunidades de vendas que são compartilhadas com toda a rede. “Quando identificamos o interesse de um cliente em um de nossos carros, repassamos este contato para o concessionário mais próximo para que ele possa dar um atendimento personalizado e conduzir o fechamento do negócio”, conta o diretor Comercial.

Para dar suporte às concessionárias nesse processo de transformação, gerando mais negócios para a rede e assegurando a satisfação dos clientes, a Fiat reformulou e ampliou o programa World Class Dealer (WCD), cujo funcionamento foi apresentado aos concessionários. Essa metodologia visa rever o processo de vendas e os serviços oferecidos pela concessionária desde a sua base para aumentar a qualidade, eficiência, velocidade e redução de custos, por meio de melhoria contínua da infraestrutura, da gestão de pessoas e dos processos internos. “O objetivo final do WCD é melhorar processos para vendermos mais veículos, peças e serviços, com alto nível de qualidade e satisfação do cliente”, resume Tai Kawasaki, diretor de Desenvolvimento de Rede da FCA.

Prêmio Qualitas Excelência

No evento, também foram entregues os troféus aos vencedores da edição 2016 do Prêmio Qualitas Excelência, que reconhece as concessionárias que tiverem melhor desempenho em cada regional de vendas da Fiat. As lojas recebem pontuações não apenas pelos resultados de vendas mas também pela forma como conduzem o relacionamento com os clientes, desde o pré até o pós-vendas, incluindo a infraestrutura física. Esses critérios são acompanhados durante todo o ano por meio de relatórios operacionais e pesquisas de satisfação dos clientes, que servem de base para melhorias contínuas em toda a rede Fiat.

Confira abaixo a relação dos vencedores:

Regional Belo Horizonte

Alpinia, de Paraiso

Revemax, de Itauna

Regional São Paulo 

Ponto, de Pires do Rio

Disvep, de Registro

Regional Campinas 

Alpinia, de São José do Rio Preto

Viviani, de Rio Claro

Via Marconi, de Avaré

Regional Rio De Janeiro     

Squadra, do Rio de Janeiro

G4 Automotive

Valore, de Itaperuna

Regional Porto Alegre        

Sul Peças, de Caxias do Sul

Marina, de Carazinho

Sul Peças, de Gramado

Regional Recife        

Cambui, Vitória da Conquista

Cavepe, de Senhor do Bonfim

Regional Brasília     

Umuarama, de Araguaina

Umuarama, de Redenção

Regional Curitiba     

Marajó, de Londrina

Fipal, de Toledo

Via Verdi, de Campo Mourão





Artigos Correspondentes: