Tag

Chevrolet

Browsing

A Chevrolet está de olho no sucesso da Fiat Toro em nosso mercado brasileiro. De acordo os últimas notícias divulgadas recentemente, a GM já está planejando uma picape média inédita para seu conjunto de modelos em nosso país, e assim bater de frente com Toro.
Este novo modelo novo modelo é indicado como substituto do atual e antiga Montana no mercado latino-americano a partir de meados de 2020.

Mais detalhes da futura Picape

Assim como as novas gerações do seu modelo mais vendido Onix e seu derivado Prisma, a nova picape média da montadora será construída na nova plataforma Global Emerging Markets (GEM) da General Motors.

O modelo também será usado na próxima geração do crossover Tracker e em muitos outros modelos compactos de baixo custo para mercados emergentes.

Deste modo, a nova picape da GM irá contar com uma estrutura monobloco, ao invés do design do chassi, como a S10, que continuará em linha. O interessante é que o novo modelo está sendo desenvolvida exclusivamente pela General Motors do Brasil, ao contrário dos outros modelos com a plataforma GEM que estão sendo desenvolvidos em conjunto pelas equipes das agências brasileira e chinesa.

Chevrolet S10
Foto: Chevrolet S10 | Divulgação

Vale lembrar que a atual Montana é derivada do extinto Agile. Portanto, tem dimensões menores e espaço interno limitado, com espaço para apenas duas pessoas e alguma bagagem atrás dos assentos.No caso da nova pickup, haverá uma configuração de cabine dupla, com capacidade para até cinco ocupantes.

Motorização

Como ainda não há confirmação, há apenas relatos que o modelo terá o mesmo motor do Cruze e do Tracker, o turbo Ecotec de 1,4 litros que chega a 153 cv e 24,5 kgfm, combinado com uma transmissão automática de seis marchas. E provavelmente contará com uma versão turbodiesel com tração 4 × 4.

Fonte: GM Authority

A Chevrolet divulgou neste final de ano que o primeiro lançamento da marca americana em 2019 será a atualização do Novo Cruze. Ao todo serão 11 lançamentos dos 30 que são programados pela empresa até 2023. O modelo é atualmente fabricado na Argentina e de lá com a versão sedã e hatch.

O upgrade do visual do Novo Cruze tem a mesma visão do modelo americano, lançado em 2016. Espera-se que o modelo ganhe faróis duplos maiores com projetores de LED, além de luzes diurnas mais atraentes, uma barra dupla com barra cromada que os une. e ainda segurando o logotipo da marca e pára-choques com vincos mais evidentes.
No caso do Cruze Sport6, seu estilo deve seguir a mesma linha da versão nos EUA, empregando molduras laterais diferenciadas no para-choque e uma reestilização no visual das lanternas traseiras, bem como no sedã. No interior, pode sofrer algumas alterações no acabamento, mas o que é realmente conhecido é que o Cruze será o primeiro com o sistema de conexão Wi-Fi 4G LTE.

A tecnologia utiliza um cartão SIM para conectar o carro diretamente à rede de internet, o que transforma o carro em um “dispositivo móvel”, permitindo que ele seja integrado à internet e também fornece conexão via Wi-Fi a qualquer dispositivo que tenha esta interface.

Isso também permitirá maior integração do carro com a assistência da Chevrolet, incluindo (pode ainda não saber a sua implementação), eliminar revisões por quilometragem ou tempo, como o carro sempre informará a rede de assistência sobre suas condições e o tempo certo realizar as trocas e inspeções, algo que é visto em marcas como a BMW, por exemplo.

Novo Cruze 2019
Novo Cruze 2019

Além do Cruze, a GM prepara 11 lançamentos em 2019, em sua maioria mantidos em sigilo. No final de janeiro ou início de fevereiro, a empresa irá revelar os preços do Camaro 2019.

 

A General Motors anuncia a promoção de Carlos Zarlenga como novo Presidente da GM do Brasil, assumindo as funções a partir do dia 01 de setembro em substituição a Santiago Chamorro.Chamorro, 46, está sendo promovido e ocupará o cargo de vice-presidente de Global Connected Customer Experience (GCCX) na sede da GM em Detroit. Sua vasta experiência será determinante para o processo de inovação e liderança da GM em conectividade e mobilidade urbana, áreas que estarão sob seu comando em sua nova posição em Detroit. Em seu novo posto, Chamorro se reportará diretamente para a Chairman e CEO da GM, Mary Barra.

Novo Presidente da Chevrolet Brasil

Zarlenga, 42, assume a responsabilidade por toda a operação no Brasil com o compromisso de consolidar e expandir a liderança da Chevrolet. Zarlenga, que até agora ocupava o cargo de CFO da GM América do Sul, traz para a nova posição um conhecimento profundo e experiência global na gestão de operações complexas.

“A chegada do Carlos Zarlenga garante a continuidade do nosso plano de negócios com o objetivo de viabilizar a realização da segunda metade do maior plano de investimentos da história da companhia no Brasil, no montante total de R$ 13 bilhões até 2019. Recentemente, a Chevrolet se tornou a marca líder em vendas, com a melhor e mais inovadora linha de produtos e foco no consumidor. Certamente vamos continuar a surpreender nossos clientes com o Zarlenga”, disse Barry Engle, presidente da GM América do Sul.

Antes de assumir a presidência da GM do Brasil, Zarlenga atuou como Chief Financial Officer (CFO) da General Motors América do Sul (GMSA) e como Presidente da GM Argentina, Uruguai e Paraguai (GMA).

Anteriormente, Zarlenga foi Vice-Presidente e CFO da General Motors Coréia e Diretor do Conselho de Administração da GM Uzbequistão, uma joint-venture entre a GM e o Governo do Uzbequistão.

Antes de entrar na General Motors, Zarlenga teve uma carreira distinta na General Electric onde ocupou o cargo de CFO GE Consumer and Industrial para a Europa, Oriente Médio e África.

Um novo CFO para a GM América do Sul será anunciado oportunamente. Zarlenga continua na função até a nomeação de seu sucessor.

O complexo industrial da GM em Gravataí (RS) acaba de comemorar 16 anos de atividades e a marca de 3 milhões de veículos produzidos, atingida por um Onix Activ, a mais recente novidade da companhia no mercado nacional.

Inaugurado em 2000 com um conceito inovador por reunir os principais fornecedores próximos à linha de montagem numa espécie de condomínio industrial, o complexo de Gravataí serve desde então de referência para diversas companhias em todo o mundo.

Chevrolet atinge 3 milhões de carros produzidos em Gravataí

Atualmente o complexo conta com 19 empresas e produz o Chevrolet Prisma e o Chevrolet Onix. A dupla de veículos mais bem-sucedidos do mercado nacional na atualidade representa quase 10% de todos emplacamentos do setor no país.

O primeiro modelo feito na unidade da GM no Rio Grande do Sul, no entanto, foi o Celta, que seguiu em linha até o início de 2015 após 1,8 milhão de unidades produzidas.Nestes 16 anos de existência, o complexo industrial passou por diversas expansões para poder acompanhar o processo de ampliação e modernização da linha Chevrolet. Entre as três fábricas de automóvel da GM no país, a de Gravataí foi a que mais rápido chegou a marca de 3 milhões de unidades.

Em termos absoluto, no entanto, quem lidera é o complexo industrial de São Caetano do Sul (SP), com quase 6,5 milhões de unidades produzidas desde 1930. Gravataí também é a primeira fábrica de automóveis da GM a instalar-se fora do cinturão industrial de São Paulo, mudando definitivamente o perfil econômico da cidade do Rio Grande do Sul devido ao incremento no PIB (Produto Interno Bruto).

Histórico da GM de Gravataí

  • 17/03/1997 – Anúncio do município de Gravataí como sede do complexo
  • 20/07/2000 – Inauguração oficial
  • 02/09/2000 – Lançamento do Chevrolet Celta
  • 20/05/2005 – Produção do Celta 500.000
  • 01/10/2006 – Lançamento do Chevrolet Prisma com 1ª ampliação da planta
  • 20/05/2008 – Produção do carro de número 1.000.000
  • 09/06/2010 – Início oficial das obras da 2ª ampliação da planta
  • 27/08/2010 – Produção de 1,5 milhão de veículos
  • 30/10/2012 – Lançamento do Chevrolet Onix
  • 13/12/2012 – Produção do veículo de número 2.000.000
  • 26/02/2013 – Lançamento do novo Chevrolet Prisma
  • 25/07/2014 – Produção de 2,5 milhões de veículos
  • 20/07/2015 – Aniversário de 15 anos da fábrica de Gravataí

– Produção em Gravataí, por modelos

  • Chevrolet Celta – 1,8 milhão unidades
  • Chevrolet Prisma – 630 mil unidades
  • Chevrolet Onix – 570 mil unidades

Imagine ter um carro à sua disposição para realizar tarefas do dia a dia ou mesmo para viajar com a família no fim de semana. Agora acrescente a isso pagar somente pelas horas que você utilizou o automóvel. Assim é o “Maven”, programa de compartilhamento de veículos, car-sharing, que a GM traz para o Brasil. O Maven começa com um programa piloto para empregados do Complexo Industrial de São Caetano do Sul. A plataforma faz parte do movimento global da GM para o desenvolvimento de opções de mobilidade urbana e sustentáveis ao redor do mundo.”GM está na vanguarda de redefinir o futuro da mobilidade pessoal com o lançamento do nosso piloto de serviço de compartilhamento de carros, com a inovação e a liderança em conectividade veicular através de OnStar. Estamos numa posição única para fornecer o alto nível de serviços personalizados de mobilidade urbana que os nossos clientes esperam hoje e desejam no futuro”, disse Santiago Chamorro, presidente da GM do Brasil.

Chevrolet lança aplicativo Maven

Para utilizar os carros do programa, os empregados cadastrados poderão efetuar as reservas, travar e destravar as portas do veículo através do aplicativo do “Maven”.Nessa primeira fase, a ação permitirá o deslocamento de ponto a ponto, a retirada e a entrega serão feitas nos pontos localizados dentro do complexo. O valor a ser pago é R$ 35,00 por hora ou até R$ 210,00 para uma reserva de 24 horas, já incluído o combustível e o seguro do carro. O pagamento será efetuado através da própria folha de pagamento do empregado.A frota começará tendo disponível para o programa apenas o Chevrolet Cruze LTZ, com todas as unidades equipadas com o inovador sistema de telemática OnStar, que oferece ao motorista serviços de emergência, segurança, navegação, concierge e conectividade como jamais visto no mercado automotivo nacional.

“Ao lançar o “Maven” no Brasil, a GM assume a liderança em soluções de mobilidade urbana e proporciona mudanças na vida dos nossos empregados. O acesso rápido e fácil a um carro é um divisor de águas que altera fundamentalmente a abordagem ao transporte, com novas oportunidades que antes não eram possíveis”, disse Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil.

Ao contrário de outras ofertas de serviços de mobilidade, o “Maven” aproveita de tecnologias de conectividade integradas e do serviço do OnStar já existente no Brasil, como ajudar no processo de recuperação em caso de roubo do veículo, notificar automaticamente a assistência em caso de acidentes por meio de uma central de atendimento e de informações 24 horas, com o acesso a consultores OnStar com o apertar de um botão no retrovisor do carro.

Chevrolet lança aplicativo Maven

“Os empregados querem opções para se movimentar pela cidade com opções de flexibilidade e personalização. O “Maven” é apenas uma parte da estratégia de mobilidade urbana global da GM. Vemos as preferências dos consumidores em evolução, tais como o compartilhamento de automóvel, como oportunidades reais de negócios que poderemos incluir rapidamente em nossas capacidades existentes, tais como OnStar”, comenta Samuel Russel, diretor de marketing da GM do Brasil.

O programas de mobilidade urbana da GM vão desde o investimento na Alemanha do programa de carona “Flinc” e os programas de car-sharing da Opel, “CarUnity” e o programa “Let’s Drive NYC” da Chevrolet até o compartilhamento de bicicletas “Zagster” no centro de desenvolvimento técnico nos Estados Unidos e a parceria com a Universidade Jiao Tong na China para a integração dos carros EN-V 2.0 da Chevrolet em um sistema de transporte de multimodal. Além das últimas iniciativas da GM nos Estados Unidos com o Lyft e o Maven, que combina e amplia vários programas da companhia sob uma única marca cuja missão é dar aos clientes acesso a serviços de mobilidade sob demanda altamente personalizados. Todos os programas são desenhados para melhor entender e facilitar os meios de transportes urbanos para nossos clientes.